LIFE
| Home | Pesquisa | Publicações | O Grupo | Colaborações | Links | English version | contato | webmail |
Untitled Document
 
Linhas de Pesquisa
 
Atividade antioxidante
Desidratação
Engenharia Metabólica
Estresse Oxidativo
Envelhecimento
Metais Pesados
Trealose
 
 


Envelhecimento

Embora o envelhecimento seja um processo multifatorial, existem hoje várias evidências que mostram as espécies reativas de oxigênio, e consequentemente o estresse oxidativo, como os fatores principais que influenciam a longevidade celular. O interesse pelos fatores que determinam a longevidade cresceu nos últimos anos uma vez que a expectativa de vida da população mundial tem aumentado e hoje, em muitos países, inclusive no Brasil, as duas principais causas de morte são enfermidades ligadas à idade: doenças cardiovasculares e câncer. O uso da levedura Saccharomyces cerevisiae como modelo de célula experimental nos estudos bioquímicos tem auxiliado no conhecimento e cura de uma série de doenças, devido à sua grande semelhança com células animais e por ter seu genoma completamente sequenciado. A partir da análise dos dados obtidos do sequenciamento de genomas, verificou-se que cerca de 30% dos genes associados a doenças humanas têm grande homologia com genes de Saccharomyces.

Esta linha de pesquisa tem como objetivos:

  • Investigar o papel de diferentes sistemas de defesa antioxidante na longevidade celular através do uso de mutantes deficientes ou que superexpressam estes sistemas antioxidantes
  • Avaliar o nível de oxidação de proteínas e lipídios e sua relação com a longevidade, bem como analisar o papel dos sistemas de defesa antioxidante nesta relação;
  • Verificar o papel dos sistemas de defesa antioxidante com o processo de apoptose e sua relação com a longevidade;
  • Analisar a expressão dos genes de defesa antioxidante, bem como a atividade das respectivas enzimas, e sua relação com a longevidade e o processo de apoptose.
LIFE

 

Todos os direitos reservados LIFE© 2002 -2011
Design by Web Target